Violência

2000

“Mais urgente não me parece tanto defender uma cultura cuja existência nunca salvou uma pessoa de ter fome e da preocupação de viver melhor, quanto extrair, daquilo que se chama de cultura, idéias cuja força viva seja idêntica à da fome. Todas nossas ideias sobre a vida tem de ser revistas numa época em que nada mais adere `a vida. E esta penosa cisão é motivo para as coisas se vingarem, e a poesia que não está mais em nós e que não conseguimos encontrar mais nas coisas reaparece, de repente, pelo lado mau das coisas; e nunca se viu tantos crimes, cuja gratuita estranheza só se explica por nossa impotência em possuir a vida. Se o teatro existe para permitir que o recalcado viva, uma espécie de atroz poesia expressa-se através de atos estranhos onde as alterações do fato de viver mostram que a intensidade da vida está intacta e que bastaria dirigi-la melhor.”

Antoin Artaud

Ficha técnica:

Criação e direção artística: Alejandro Ahmed

Trilha sonora: Hedra Rockenbach

Performers: Alejandro Ahmed, Anderson Gonçalves, Elke Siedler, Hedra Rockenbach, Gregório Sartori, Karin Serafin, Karina Collaço, Karina Barbi, Letícia Lamela

Cenário e responsável técnico: Sylvio Mantovani, Fabiano Luiz Zermiani

Figurino: Karin Serafin, Anderson Gonçalves

Luz: Irani Apolinario

Som: Eduardo Serafin

Ilustrações: Fernando Rosa

Animações: Fernando Rosa, Hedra Rockenbach

Fotografia: Fernando Rosa, Cristiano Prim

Roteiro e Slides de Vídeo: Núcleo de Criação Grupo Cena 11

Assistente de ensaio: Malú Rabelo

Equipe técnica: Cristiano Prim, Claudir Santos, Clovis Fetter

Gravado para o programa STV na dança em agosto de 2001, no Teatro Nelson Rodrigues - Rio de Janeiro - RJ.